Atitudes de Vitima e Protagonista e Exemplo de ]IDM Innovation Decision Mapping

Olá amigos do Grupo Líder Facilitador 
 
Um dos Objetivos (Output)
do Processo de Facilitação de Workshop
é conseguir o Protagonismo e Comprometimento das Pessoas com as Decisões.

   Metodologia IDM Innovation Decision Mapping - Facilitação de Workshop de Planejamento de Mudanças  
      
É comum o Grupo Começar o Workshop:
  • na Posição Defensiva
  • com Postura de Vítima
  • Percebendo apenas Sintomas e
  • Sem Comprometimento
  • (Ambiente de Gestão e Controle)  
Um dos Desafios do Processo de Facilitação de Workshop com I.D.M. é
transformar o Grupo melhorando a:
  • Posição Pro Ativa
  • Postura de Protagonista
  • Percebendo Objetivo e Diagnóstico
  • Comprometimento
  • (Ambiente de Inovação) 
   Metodologia IDM Innovation Decision Mapping - Facilitação de Workshop Liderança Facilitadora - Treinamento  
  
Abaixo um Exemplo Real de Workshop.
 
Seguimos as etapas da Metodologia Decision Mapping:
Começamos pelo Brainstorming de Sintomas,
pois é o que flui naturalmente do Grupo na posição de Vítima.
    
Em seguida continuamos com outros Brainstormings:
Objetivo, Diagnóstico e Solução.
Nestas etapas já estamos desenvolvimento no Grupo
o Protagonismo e o Comprometimento.
 
É importante a regra do Brainstorming
"Não Justificar", pois esta regra ajuda
a tirar os Participantes da Posição Defensiva.
 
------------------------
Exemplo Real:
 
No Primeiro Brainstorming (Sintomas)
o Grupo Prioriza como o maior Problema (Sintoma)
a Falta de Motivação. 
Como o Grupo assume a Postura de Vítima,
o Grupo acha que a Desmotivação é resultado do "Ambiente". 
 
Seguindo a metodologia Decision Mapping
O próximo Brainstorming é de Objetivos
e é comum o Grupo definir como Resultado Desejado
a "Realização Pessoal" ou "Auto Realização".

   IDM Innovation Decision Mapping - Treinamento Liderança Facilitadora   
  
No Terceiro Brainstorming (Diagnóstico)
o Grupo Descobre que o grande Obstáculo é
a Falta de "Auto Conhecimento".
 
No Quarto Brainstorming (Solução)
não fica dúvida de que,
Para atingir o Resultado Desejado,
cada um precisa fazer a sua parte (Protagonismo/Comprometimento)
neste caso, cada um precisa Descobrir os Seus Objetivos Pessoais. 
 
------------------------
O que me incomoda nesta situação é que
algumas empresas decidem gastar Recursos com Palestras Motivacionais (Ação Sintomática)
ao invés de ajudar os Colaboradores a Descobrir os seus Objetivos Pessoais (Ação Estratégica).

   Treinamento Desenvolvimento Liderança Diagnostico X Palestra Motivação   
  
Este é um exemplo da área de RH,
mas encontramos Resultados Semelhantes em workshops
de Mkt, Vendas, Operações, Informática, etc.
 
-----------
PS:
Quem realmente sabe ajudar uma Pessoa
a Descobrir os seus Objetivos Pessoais?
Acho que o Coach é uma ferramenta de Gestão,
que ajuda a Pessoa a atingir o seu Objetivo,
mas não acho que o Coach ajude (com ferramentas) a Pessoa a
descobrir os Sonhos, Objetivos, Valores, Necessidades etc.
Por incrível que parece, acho que a melhor ferramenta
para ajudar uma pessoa a descobrir os seus Reais Objetivos Pessoais
é o Laddering, uma ferramenta de Marketing.

   Metodologia IDM Innovation Decision Mapping - Planejamento Estratégico Pessoal - Treinamento  
  
Thomas J. Reynolds and Jonathan Gutman developed and introduced laddering in 1988,
based on Gutman’s Means-End Theory of 1982.
They describe product attributes, consequences, and values.
Product attributes produce consequences that produce personal meaning (values) for product users.
http://www.focusgrouptips.com/laddering.html
 
Bom... acho que o Laddering é um tema para um próximo post. Ver os Posts:
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2012/03/como-descobrir-necessidades-dos.html
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2011/12/mini-apostila-para-fazer-o-planejamento.html
     
Seja Simples
Eurico Gushi - Criador da Metodologia I.D.M.
Facilitador de Workshop de Planejamento de Mudanças, Estratégia e Inovação
http://metodologia-idm.blogspot.com.br/

CRIAVIVA  Treinamento de Liderança  
http://www.criaviva.com.br/  -  criaviva@yahoo.com.br

Raciocínio Lógico, Organizar o Conhecimento, Comunicação e Inovação

Olá Amigos do Grupo Líder Facilitador
  
Apenas informando um Treinamento Aberto:
  • Raciocínio Lógico, 
  • Organizar o Conhecimento, 
  • Comunicação e Inovação
   Treinamento Workshop Facilitação Metodologia IDM Liderança   
     
Estamos na era do Conhecimento, com excesso de Informações.
Neste novo cenário, para um Profissional se destacar é necessário, cada vez mais, saber:
  • Priorizar as Informações
  • Aplicar o Raciocínio Lógico
  • Organizar as Informações e o Conhecimento
  • Comunicar de forma Clara, Rápida e Objetiva
  • Inovar como Resultado de um Processo Estruturado 
O Objetivo do Treinamento é
  • Fornecer Ferramentas e Metodologias que Potencialize o Raciocínio Lógico
  • Estimular o Raciocínio Lógico a Criar ou Adaptar as Ferramentas às Suas Necessidades 
   Ferramentas Metodologias Raciocínio Lógico - Metodologia IDM Innovation Decision Mapping  
    
As Ferramentas do Raciocínio Lógico estão divididas em Duas Categorias:
  • Ferramentas de Análise ou Agrupamento para o Raciocínio Dedutivo
  • Ferramentas de Síntese ou Causa e Efeito para o Raciocínio Indutivo    
   Ferramentas Metodologia IDM Innovation Decision Mapping - Facilitação Workshop Liderança  
  
Exemplos de Ferramentas do
Raciocínio Dedutivo (Análise / Agrupamento):
  • Brainstorming
  • Diagrama de Árvore
  • Mind Mapping 
  • Minto Pyramid Principle / MECE
  • Ishikawa Fish Bone  
  • Diagrama de Venn
  • Gráfico Cartesiano
  • Pareto, Histograma
  • SWOT Analysis
  • Matriz BCG,
  • Matriz de Portfólio de Produtos
  • PEST Analysis
  • 7 Ps do Marketing
  • 5 Ps da Estratégia
  • 5W2H   
Exemplos de Ferramentas do
Raciocínio Indutivo (Síntese / Causa e Efeito):
  • Diagramas de Causa e Efeito: Se ... Então
  • 5 Whys (Toyota)
  • Fluxogramas 
  • System Thinking (Peter Senge) 
  • Means-Ends Analysis - GPS - Newell and Simon 
  • Laddering Technique
  • Decision Mapping Invertido (Pergunta "Para Que?) 
  • I.D.M. Innovation Decision Mapping com dois eixos de Causa e Efeito
  • Barbara Minto - SCQ Framework
  • Backward and Forward Chaining
Além destes dois Raciocínios Lógicos: Dedutivo e Indutivo
que contribuem para a Organização do Conhecimento e Comunicação,
iremos também explorar um outro Raciocínio Lógico/Intuitivo menos conhecido que é o Abdutivo
que é fundamental no processo de Inovação, Diagnóstico, Criatividade e Solução de Problemas.
  
   Ferramentas Metodologia IDM Innovation Decision Mapping Facilitação Workshop Liderança  

Exemplos de Ferramentas do Raciocínio Abdutivo (Intuitivo):
  • Brainstorming com a Regra "Não Justificar"
  • Metodologia I.D.M. - Innovation Decision Mapping
  • Metodologias "Design Thinking" e Co Criação
  • Processos Heurísticos / Serendipity 
Um exemplo Real de Aplicação das Ferramentas
do Raciocínio Lógico Dedutivo, Indutivo e Abdutivo é
a Facilitação de Workshop de Inovação:
  • Guiar o Grupo no Campo do Raciocínio Abdutivo
  • Facilitar a Intuição e Exposição do Conhecimento Tácito
  • Organizar as Informações de forma Lógica: Dedutiva e Indutiva
  • Facilitar a Comunicação, Entendimento e Integração do Conhecimento do Grupo 
Outras Informações:
  • Data:  02 e 03/Março/2012 - Sexta e Sábado
  • Carga Horária: 16 horas
  • Local: Região da Av. Paulista
  • Investimento: R$ 1.400,00 (Consulte desconto para grupos)
  • Inscrições até o dia: 26/Fevereiro/2012 
  • Informações: criaviva@yahoo.com.br
Obs.: A realização do treinamento fica sujeita a um quorum mínimo de 10 inscritos.
Também realizamos este evento In Company 
  
Próximos Treinamentos, ver no Endereço:
-----------------------------------------------------------------------
Para saber mais sobre Raciocínio Lógico ver o Post:
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2012/09/metodologia-e-ferramentas-do-processo.html 
  
Para saber mais sobre Raciocínio Lógico e Gerações X e Y ver o Post:
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2012/01/geracao-y-informacao-raciocinio-logico.html  
 
Para saber mais sobre Gestão do Conhecimento Tácito ver o Post:
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2011/11/processo-de-gestao-do-conhecimento.html

Seja Simples
Eurico Gushi - Criador da Metodologia I.D.M.
Referência na Facilitação de Workshop de Tomada de Decisão, Estratégia e Inovação
http://metodologia-idm.blogspot.com.br/
 
CRIAVIVA - Treinamento de Tomada de Decisão e Priorização
www.criaviva.com.br  -  criaviva@yahoo.com.br 
http://br.groups.yahoo.com/group/lider-facilitador/ (desde 2004)

Como Priorizar os Problemas e Aproveitar melhor o meu Tempo? Diagnóstico

Um dos principais Benefícios da Metodologia I.D.M. é
ajudar na Priorização dos Problemas ou
Descobrir o Diagnostico (causa raiz)
  
A constante "Falta de Tempo" pode ser conseqüência de
não saber Priorizar os Problemas.
 
Vou tentar resumir aqui algumas formas de Priorizar os Problemas.
  
1. Definição Clara do Objetivo:
 
Para começar, é bom ter em mente que para cada Problema existe um Objetivo.
Se conseguirmos primeiro, priorizar os Objetivos, conseguimos também,
Priorizar os Problemas ou até ignorar a maioria deles. 
        
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  
   
Na ilustração acima:
  • Se o seu Principal Objetivo é o X, então o seu Problema é o X
  • Se o seu Principal Objetivo é o Y, então o seu Problema é o Y 
É muito fácil cair na tentação de resolver primeiro o Problema A,
por ser o menor Problema ou por ser o Problema que se sabe resolver,
ficando na Zona de Conforto e obtendo assim, nenhum resultado no final.
 
Quando priorizamos problemas junto com outras pessoas (workshop)
temos a nosso favor as diferentes percepções de
quais são os Reais Problemas,
diminuindo assim a tendência de ficar na Zona de Conforto.
  
Uma das primeiras tarefas do Facilitador de Workshop
é se certificar de que todos os Participantes estão focados no mesmo Objetivo,
senão cada participante irá priorizar o seu problema ou sintoma,
não chegado nunca a um consenso de qual o Principal Problema ou Diagnóstico.  
  
2. Diagnóstico ou Real Obstáculo.
  
Sabendo qual é o Objetivo, o próximo passo é fazer o Diagnóstico,
ou seja, Descobrir qual é o Obstáculo que impede de atingir o Objetivo desejado.
Diagnóstico = Obstáculo = Principal Problema
  
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  

Na ilustração acima:
  • Não adianta resolver o problema A, pois este não leva ao Objetivo
  • O único caminho que leva ao Objetivo é o Problema X (Diagnóstico)  
A Descoberta ou Percepção do Real Problema não é fácil como nesta ilustração,
por isso é uma vantagem quando temos várias pessoas compartilhando as Percepções em um Workshop.
  
3. Priorizar vários Problemas (Parcelas ou Análise) 
  
Em alguns casos podemos ter mais de um Problema interferindo no Objetivo.
Neste caso podemos Priorizar os Problemas, para definir qual Resolver Primeiro.
  
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  

Na ilustração acima, para Diminuir o Desperdício
é melhor resolver primeiro o Problema X .
 
Novamente alguém pode querer resolver primeiro o
problema Z, por ser a sua Zona de Conforto.
Se você tiver três equipes, uma para cada problemas está bem.
A pior situação e querer resolver na seqüência o Z, Y e X no final.
O trabalho em Grupo analisando todas as Percepções dos Problemas
pode gerar resultados melhores.
  
4. Priorização Sequencial ou Cronológica - Foco
    - Melhoria Contínua - PDCA 

  
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  
  
Na ilustração acima, para Aumentar o Fluxo do líquido azul para a direita
é melhor resolver primeiro o Problema X (obstáculo)
e fazer a avaliação desta ação.

Neste caso resolver os Problemas Y e Z (zona de conforto)
antes ou simultaneamente com o X
não irão agregar valor ao resultado desejado. 

Somente após resolver o problema X
iremos agregar valor resolvendo o problema Y.
Melhoria contínua ou (PDCA)
Ver também A Teoria das Restrições (TOC)
de Eliyahu M. Goldratt - Livro A Meta - 1984
 
5. Priorização: Critérios e Percepção
  
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  

Na situação acima podemos aumentar a resistência da corrente,
reforçando apenas um elo, o mais fraco de todos.
O problema é que é muito difícil Perceber qual é o elo mais fraco.
Só podemos ter certeza após a quebra deste elo em uma simulação de esforço.
 
Apesar desta ser a simulação mais complicada para a Priorização dos Problemas,
este é o Desafio mais comum que encontramos nos Workshop de Inovação, Diagnóstico ou Estratégia. 
A qualidade ou experiência dos Participantes (e do Facilitador)
são fatores fundamentais nestas situações. 
 
Por fim, vale lembrar novamente que a Priorização dos Problemas
geralmente é melhor quando realizado em grupo - Processo Colaborativo (workshop)
pois assim podemos usufruir de diferentes pontos de vistas ou Percepções.
 
No dia a dia das empresas eu percebo que muitos gestores
não sabem priorizar os problemas ou descobrir o diagnóstico,
então dividem o grupo em vários subgrupos e cada subgrupo resolve um problema,
sem nenhuma tentativa de Diagnóstico ou Priorização.

Um exemplo bem comum:
  • Fazer pesquisa de Clima (priorizar sintomas) (ou reclamações de clientes)
  • Fazer um workshop com vários subgrupos, cada subgrupo com um sintoma
  • Cada subgrupo faz um brainstorming de ideias para solucionar um sintoma 
Seja Simples.
Eurico Gushi - Criador da Metodologia I.D.M. (1994)
Referência na Facilitação de Workshop de Plan. de Mudança, Estratégia e Inovação
http://metodologia-idm.blogspot.com.br/

CRIAVIVA - Treinamento de Liderança
criaviva@yahoo.com.br - (11) 9 9778-7486
http://criavivaconsultoria.blogspot.com.br/
http://pt.slideshare.net/criaviva/presentations
https://www.facebook.com/groups/metodologiaIDM/
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com/
http://br.groups.yahoo.com/group/lider-facilitador/ (desde 2004)
13/05/2014

Como Descobrir as Necessidades dos Clientes? Experiencia do Consumidor

Olá Amigos do Grupo Líder Facilitador.
 
Eu tenho percebido muitas buscas na internet por
  • "COMO Descobrir as Necessidades dos Clientes?"  (Sintoma)
Antes de responder a esta pergunta eu prefiro questionar o
  • "PARA QUE Descobrir as Necessidades dos Clientes?" (Resultado Desejado) 
Uma das respostas pode ser:
  • "Para o Cliente comprar o meu Produto ou Serviço" (Resultado Desejado)
O que leva à seguinte Questão Chave um pouco mais ampla:
  • "O que faz o cliente comprar o meu Produto ou Serviço?" 
E a resposta pode ser:
  • "Percepção"
A Percepção pode ser de:
  • Percepção da Necessidade (o sintoma inicial)
  • Percepção da Melhor Opção
  • Percepção de Satisfação
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  

A Percepção pode ser de:
  • Percepção da Necessidade (o sintoma inicial)
  • Percepção da Melhor Opção
  • Percepção de Satisfação
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  
   
Ou em outras palavras:
  • A Percepção da Necessidade de um Produto ou Serviço
  • A Percepção da Melhor Opção no Momento da Compra (física ou virtual)
  • A Percepção de Satisfação no "Consumo" (Experiência ) do Produto ou Serviço
Acredito que precisamos mudar o Paradigma do Processo de Inovação:
  • De:   Como Entender a Necessidade do Cliente
  • Para: Como Entender a Experiência (percepção) do Cliente
Somente a Experiência (utilização do produto ou serviço)
pode nos dar a Real Dimensão da Satisfação ou seja,
se estamos Realmente Atendendo as Necessidades dos clientes.
É na Experiência também que temos a Percepção de novas Necessidades.
Por isso considero o Protótipo uma etapa fundamental no processo de inovação.

Na prática, acredito que a modelo Ideal para desenvolver um Produto ou Serviço
é quando o Inovador (Desenvolvedor) é também o Consumidor do Produto ou Serviço.
  
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  
  
 - http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com/2011/10/inovacao-partir-do-usuario.html

Não concordo com o Steve Jobs quando ele diz que não ouve os Consumidores.
Ele próprio era um consumidor dos produtos que a Apple desenvolve.
Os colaboradores são o Focus Group dos produtos da Apple.
 - http://blogs.hbr.org/anthony/2012/01/_usually_the_question_comes.html
  
Neste contexto do Consumer-Inovator o Design Thinking faz todo o sentido .
  
Nos casos em que o Desenvolvedor (Inovador) não é o Consumidor do seu Produto ou Serviço
entra o modelo da Co Criação ou Focus Group.
Novamente o Design Thinking faz todo o sentido.
   
   Facilitação de Workshop de Estrategia e Inovação - Treinamento Liderança com IDM Planejamento Decisão  
  
Pena que a maioria das empresas se preocupam mais em
monitorar, espionar e copiar os concorrentes
do que ir na fonte das Inovações e Vantagens Competitivas: 
chamar o Consumidor para Ouvir (Focus Group) ou Co Criar as Inovações. 
 
Para saber mais sobre Necessidades dos Clientes, ver o Post:
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2012/05/co-descoberta-de-necessidades-dos.html 
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com.br/2012/05/perguntas-para-descobrir-necessidades.html
  
Seja Simples.
Eurico Gushi - Criador da Metodologia I.D.M. (1994)
Facilitador de Workshop de Planejamento de Mudança, Estratégia e Inovação
http://metodologia-idm.blogspot.com.br/

CRIAVIVA - Treinamento de Liderança
criaviva@yahoo.com.br - (11) 9 9778-7486
http://criavivaconsultoria.blogspot.com.br/
http://pt.slideshare.net/criaviva/presentations
https://www.facebook.com/groups/metodologiaIDM/
http://facilitadordeworkshopdeinovacao.blogspot.com/
http://br.groups.yahoo.com/group/lider-facilitador/ (desde 2004)